belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009
BARCOS TURÍSTICOS NO RIO DOURO ENTRE MONTANHAS E VINHEDOS

                    

                    O ENCANTO DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

 

                

 

       Rio acima, Rio abaixo, ora dançando sobre as ondas, ora saltando entre declives que metem respeito, lá vão os barcos turísticos transportando turistas vindos de todo o Mundo em busca dos encantos dos vinhedos e das amendoeiras em flor que circundam as margens do Douro.
 
      Quem alguma vez sonharia entrar pelo reino do delicioso vinho a que grandes apreciadores baptizaram de «sol engarrafado» e «néctar dos deuses» que estes adorariam saborear nas festas do Olimpo?
Pela mente de algum iluminado passou uma imagem como a que estamos a ver e segurou-a com todas as forças para a tornar realidade. Um dos que acreditaram no sonho foi o Dr. Francisco Pinto Balsemão, Primeiro-Ministro de Portugal, proprietário do Jornal “ EXPRESSO “, da SIC, e de outras grandes empresas, e, com o seu talento e poder, ajudou a realizar o sonho do Senhor Eng.º Camilo de Mendonça e outros transmontanos e altodurienses com a certeza inabalável de que «querer é poder.» E todos, de mãos dadas, fizeram o que estamos a ver, coroando a inteligência e a tenacidade do Marquês de Pombal.
      E aquilo que antes conheceu a miséria e a fome, vê-se agora rodeado de Hotéis de Luxo, de Casas de Turismo Rural e de Habitação de rara beleza e conforto, espalhadas pelo meio dos vinhedos que povoam os socalcos numa policromia incomparável. Só vendo se acredita no que os olhos vão contemplando ao longo de muitos quilómetros.
       Aproveite as férias ou os fins-de-semana prolongados, sobretudo, do início da Primavera até finais de Outono, que as paisagens vão-se decorando, conforme o seu gosto, nas diferentes estações do ano. E o fruto das videiras, seja ele fino ou grosso, também se ajusta aos deliciosos petiscos vindos do mar ou das serras do Barroso, de Bragança ou Miranda do Douro.
            
                                  
                              DOIS TRANSMONTANOS PERITOS EM TURISMO
 
 Dr. Júlio Meirinhos,    Vice-Presidente da REGIÃO DO PORTO E NORTE DE
                                                                              PORTUGAL.
 
 Dr. António MartinhoPresidente do  TURISMO DO DOURO
                              

                               Artur Monteiro do Couto ( BTL-FIL 2009)

              



publicado por belezaserrana às 16:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009
OS PORCOS TRANSMONTANOS DITARAM MODA NO MUNDO MODERNO

 

 

     OS RECOS E SUAS AMANTES TRANSMONTANAS
                        DITARAM MODA PELO MUNDO
                                               
 
       Quando insinuamos que a espécie suíno-transmontana (masculina e feminina ), de ascendência céltica, ditou moda narigo--estética a humanos especiais, que se deleitaram com os enfeites dos recos e recas que habitam as cortes atapetadas com queirogas, carquejas, tojos e palha de centeio, teremos que esclarecer:
 
                    OS PORCOS, fonte de riqueza económica e gastronómica,   nas aldeias do norte de Portugal, circundadas pelos montes, como são muito irrequietos e mexem e remexem o espaço que lhes está destinado para habitação própria, os donos, para evitarem essa revolução “cortesca”, vêem-se na necessidade de lhes mandarem aplicar o
                                     “«arganel = peça de ferro flexível, que se aplica no focinho dos porcos-porcas, torcendo as duas extremidades uma na outra, para que o animal não possa fossar.»
 Ver Novo Dicionário da Língua Portuguesa de Cândido de Figueiredo – Vol 1., 3ª Edição.
 
                                                   NA MINHA ALDEIA, do concelho de Boticas, presenciei o Senhor António “Zorro “, pessoa simpática e habilidosa, a fazer várias operações arganelares aos porcos que fossavam nos seus aposentos, pondo tudo em pantanas, deitando-se, pouco depois, sobre os seus excrementos fedorentos e repugnantes. Operação feita, assunto resolvido.
                                                  Longe estava eu de antever que a dolorosa operação feita aos suínos, - berravam em altos gritos e com as patas que iriam dar origem aos saborosos presuntos, -davam cada unhada no Ti Zé e no Ti Armindo que pareciam querê-los mandar para o novo suplício da fogueira que os aguardava mais tarde, depois de mortos à facada, repito, longe estava eu de vir encontrar em Lisboa, e por esse mundo além, seres humanos com arganéis no nariz, idênticos aos dos porcos do Barroso que agora estão a ser saboreados por paladares exigentes nas feiras do fumeiro e do presunto lá para as bandas da Galiza. Tive muita compaixão dos porcos e porcas quando os ouvi chorar dolorosamente;era ainda uma criança de tenra idade. Rendo-lhes a homenagem de terem servido de modelos àqueles que utilizam os arganéis dos porcos como um sinal de elegância e de afirmação de personalidade. Se pudesse, dava uma condecoração póstuma ao Ti Zorro por ter sido um dos pioneiros a lançar a moda do “arganel “ em seres humanos que, pelos vistos, invejavam a estética dos suínos transmontanos.
                                             Artur Monteiro do Couto

 



publicado por belezaserrana às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009
O CANTAR DOS REIS EM TRÁS-OS-MONTES 2009

                        No início era assim: " Vamos cantar os Reis".                       

                  Mais tarde, foi moda dizer-se :"Vamos cantar as Janeiras "

   

                                        

                     Associação Cultural e Recreativa da Serra de Leiranco - SAPIÃOS

 

            Desde tempos imemoriais que nas aldeias e vilas transmontanas se buscou inspiração junto das figuras exóticas dos lendários Reis Magos que enfeitam os tradicionais presépios oriundos de S. Francisco de Assis, santo que tinha um carinho especial pelos animais.

            À volta dos 3 reis ( dois brancos = Melchior e Gaspar ) ( um negro = Baltasar) do Menino Jesus, da Mãe Maria e do Pai José, situados num ambiente narrado pelas Sagradas Escrituras, nasceu um dos actos culturais mais espectaculares da História do Mundo Ocidental, hoje celebrado de norte a sul de Portugal, com enorme êxito. Vivem-se momentos de alegria, de franca convivência entre os povos vizinhos, cultivam-se os poemas e os cantares tradicionais e assistimos a verdadeiras transmissões de saberes.

           Hoje, no dia em que se reuniram diversos grupos culturais, em Boticas, por iniciativa do Pelouro da Cultura, muitos transmontanos e não só, recordarão os tempos de infância em que, cheios de devoção e esperança aguardavam a chegada de alguns presentes dos Padrinhos de Baptismo. Muitos deles, como não tinham mais que lhes dar, ofereciam-lhes bolsos de castanhas e a estas -chamavam-lhes Janeiras. Talvez que surgisse aqui o hábito de associar as Janeiras à festa dos Reis.

                                                                  Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 17:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009
O SOL QUANDO NASCE É PARA TODOS - ANO 2009

 

 

                             

        

 
            O SOL QUANDO NASCE É PARA TODOS
 
    É frequente dizer-se que o “Sol” quando nasce é para todos, no sentido mais amplo.
   Efectivamente, foi esse o princípio sagrado do “Criador”. Todos os homens nascem iguais, com os mesmos direitos e os mesmos deveres. O acto criador teve como objectivos que todos os povoadores do planeta tivessem uma existência feliz, em perfeita harmonia entre eles.
                          SÓ que
                                                        a lei do mais forte foi prevalecendo ao longo dos tempos e, hoje, no ANO 2009 – encontra os princípios reguladores dessa coexistência pacífica, dentro da diversidade natural, cheio de nuvens perturbadoras que seres maus foram projectando no espaço, a contrariar “ a filosofia do Criador”, contrapondo que, actualmente, o brilho, a doçura, o calor e a fonte dinamizadora da Vida – o Sol, já não é igual para todos.
               OS HOMENS MAUS
                                                                                          Continuam a contrariar o princípio criativo que pressupunha que o Astro-Rei quando nascesse ou desaparecesse no horizonte tinha e tem o mesmo carinho e respeito por todos os seres viventes. Rejeitamos esse comportamento.
 
                     Desejamos, sinceramente, que, ao longo deste Novo Ano 2009 só haja Homens e Mulheres respeitadoras dos sãos princípios, que tenham em conta os Direitos Humanos, ( dos Homens, das Mulheres e das Crianças) : a beleza do “Ambiente” e a limpidez dos corações. Que todos os seres existentes no MUNDO, VIVAM FELIZES. Agora e para sempre, são os nossos Votos sinceros.
          
                                   VIVA PORTUGAL!   
                                    
                              Artur Monteiro do Couto
                      www.flickr.com/photos/arturcouto                 
          
    


publicado por belezaserrana às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO