belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010
A SIMPLICIDADE DAS POPULAÇÕES ENRIQUECE-NOS

          A SIMPLICIDADE DAS POPULAÇÔES RURAIS ENRIQUECE – NOS.

 

           A vida laboriosa da maior parte das pessoas que ainda hoje trabalha nos campos cheios de silvas,  dos espinhos dos tojos e das roseiras que causam a dor e fazem sangrar a carne daqueles que lidam com eles de perto, pacificamente, cria em nós um sentimento de generosidade, respeito e solidariedade.

            Ao contrário da solidão mental que se sente nas grandes multidões citadinas que tentam afundar o stress no álcool e nas drogas, nas aldeias nascem as associações recreativas e culturais, a melhor terapia para as desilusões que vão surgindo quando menos se espera, fruto de comportamentos maldosos de terceiros.

 

        

         

          

                PADROEIRA DO CONCELHO DE BOTICAS -21-08-2010

 

      A Senhora da Livração tem sido para muita gente a esperança de manter ou recuperar a saúde, a paz, o amor e a esperança em dias melhores. Por estas e outras razões é que lhe oferecem flores e outras dádivas para custear despesas com o templo que lhe é dedicado e diferentes actos de culto.

 «A fé é que nos salva e a esperança é a última coisa a morrer»

      É esta fé que move multidões nas Romarias de Portugal

                             Artur Monteiro do Couto

 

    



publicado por belezaserrana às 12:02
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010
NAS ROMARIAS hÁ DANÇAS E HÁ CANTIGAS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

        A Romaria da Senhora da Livração é uma das Romarias mais esperadas e vividas pelas populações rurais residentes na Vila e nas proximidades e vêm, todos os anos, de longe, de muito longe, emigrantes que vivem e trabalham em todos os Continentes do Globo. Direi mesmo que, sem a participação deles e o apoio substancial do Município, seria mais uma festa aldeã ou, mesmo, recordada pela tradição oral, algumas fotografias e pouco mais. Ainda bem que continua a renascer ano após ano para alegria de todos nós, residentes ou não no concelho.

        A procissão é o acto cultural, de cariz religioso, mais marcante. Um desfile de arte sacra embelezada pelo colorido das variadas pétalas e solenizada com as melodiosas músicas executadas pelas Bandas, intercaladas no meio do cortejo aberto por elegantes cavalos e cavaleiros da G N R, logo seguidos pelos passos marciais de fanfarras de bombeiros, de estandartes e Santos Padroeiros das 16 freguesias do concelho,   dos autarcas e de uma multidão que ora cantava, ora rezava, constituiu um espectáculo digno de ser visto.

    

 

 

        

         Pelas vinte e duas horas do dia 21 de Agosto 2010, mudou-se a página do religioso e as ruas e praças encheram-se dos romeiros que cantavam e dançavam em liberdade plena, segundo os seus gostos: os mais jovens escolhiam os ritmos acelarados e barulhentos dos Conjuntos e “os da pesada” preferiam as melodias das Bandas centenárias que foram guardando nas memórias do passado de crianças de pé descalço, de socos ou de sapatos estreados para acompanharem as arruadas dos elementos da música que acabavam de chegar a pé, a cavalo dos burros, uns, de bicicleta, outros, e que à hora do almoço eram distribuídos pelos lavradores da aldeia, fazendo lembrar a escala de alimentação do porco de Santo António.

         Ranchos folclóricos, Bandas, decoração das ruas, fogo de artifício e os grandes e prolongados abraços e saudações de Gente saudosa e feliz pelo reencontro, tudo animou a Romaria, cujos mordomos e intervenientes felicitamos, com os votos de uma vida longa para preservar esta tradição, com melhorias acentuadas nos últimos anos.

         Faremos mais referências, com imagens  em próximas publicações neste blogue.   http://belezaserrana.blogs.sapo.pt   

 

                       Artur Monteiro do Couto 

        



publicado por belezaserrana às 12:36
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 17 de Agosto de 2010
CASA EIRA LONGA DE TURISMO RURAL NA SERRA DO BARROSO - BOTICAS.

                            

CASA DE TURISMO RURAL

 

 

 CASA DE TURISMO RURAL EIRA LONGA

 NAS FRALDAS DA SERRA DO BARROSO

        

   Há anos, visitei na antiga feira internacional de Lisboa uma das primeiras Bolsas de Turismo e fiquei surpreendido com a argumentação de uma Senhora vinda do Minho a defender o “Turismo Rural” e o “Turismo de Habitação”. Um dos seus seguidores e apoiantes foi o “Padre dos bruxos”, assim apelidado com simpatia o etnólogo e “voz do Povo”, o Dr. António Lourenço Fontes de Vilar de Perdizes, Montalegre.

  A ideia cresceu, evoluiu e, actualmente, os solares do Minho, do Douro, das Beiras e muitos dos restantes, originários do século XVIII, foram aproveitados para fins turísticos ajustados a todos os gostos e bolsas.

  Hoje, apenas quero referir que a iniciativa teve eco no meu concelho de Boticas, embora numa escala pequena, à sua dimensão, mas com uma frequência crescente dos que querem passar uns dias tranquilos, longe dos bulícios das cidades.

  Na CASA EIRA LONGA, construída para servir de residência principal aos morgados de Vilar, acorda-se com a alegria do sol nascente e adormece-se sob o esplendor das estrelas, num ambiente rural de excelência, de uma pureza quase primitiva, como na data da construção do conjunto rural: edifícios de habitação e anexos, datados de 1750.

     Ali perto, nascem as Águas de Carvalhelhos, que deram origem a uma pequena estância balnear, a uma agradável pousada e a um parque de árvores frondosas rodeadas de lameiros onde pastam as vacas e vitelas que celebrizaram a “vitela barrosã”. Também, ali bem perto, encontrarão o berço artístico do “Guerreiro Lusitano – Calaico”, que se encontra a receber os visitantes do Museu de Arqueologia, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

      

 

          Não devemos alongar-nos mais, por uma questão de espaço. Podem consultar o sítio: www.eiralonga.com ou pedir informações por e-mail: eiralonga@eiralonga.net   à proprietária, professora Lurdes Fernandes.

         Se gostam dos meios rurais, não se arrependerão de subir à Montanha e alojar-se na Casa Eira Longa.

                                             Artur Monteiro do Couto  

 



publicado por belezaserrana às 19:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010
AGRICULTOR PRESO POR GUIAR O BURRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

       AGRICULTOR  FOI PRESO AO GUIAR  O BURRO.

 

         Um agricultor de 34 anos, analfabeto, foi anteontem à noite preso pela GNR (Guarda Nacional Republicana) de Celorico da Beira, (Guarda), quando guiava um burro com a carroça atrelada.

O homem, durante um dia de trabalho, sob um calor abrasador, foi bebendo pela cabaça o vinho refrescante que ele produziu nas suas videiras e refrescou junto à corte do animal. Como era analfabeto e nunca tinha ouvido contar história igual, quando regressava a casa passaram dois Agentes da GNR por ele e aperceberam-se que o humilde lavrador vinha a cantar na frente do burro que conduzia, bastante animado.

Os Agentes lembraram-se do artigo 292 do Código Penal que pune a condução com álcool e resolveram prender o desgraçado que em vez de se lamentar das agruras da sua desgraçada vida, vinha alegre. Decidiram submetê-lo ao teste de alcoolémia e deu positivo; 2,84 g/l. Foi detido e julgado. Não ficou com a carta apreendida porque para conduzir a cilindrada dos burros não são precisas cartas de condução; e para cavalos, só sabe que é precisa para guiar os cavalos que vão dentro do motor dos carros de luxo, que têm pneus, volante e transportam gente fina e meninas bonitas de unhas pintadas que nunca trabalharam nas terras como as dele.

      E se o homem de Celorico da Beira tivesse tido uns pais, como muitos outros, que vão gamando uns milhares de euros e o tivessem posto a estudar, agora conduzia cavalos que vão dentro do motor, podia bater com ele contra as paredes, enquanto apalpava as pernas às acompanhantes e nada lhe acontecia… Agora, como só lida com burros e pouco mais, quando estiver calor, não pode matar a sede… porque se diz aí pelas aldeias que beber muita água faz rãs na barriga… e «como não tenho aparelho para medir a tal alcoolémia nem conheço os números, tenho de pedir ó Socrátes que me dê um desses subsídios que dá aos bêbados e drogados… E vou experimentar viver na boa vida.»

    E o burro também gozar férias pela primeira vez.

              A M C

 



publicado por belezaserrana às 21:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010
«BELEZA NÃO PÕE A MESA», assim me respondeu.

    

 

          Há dias, encontrei uma senhora amiga, vinda da “província”,

 muito trabalhadora, simples e simpática. Como habitualmente,

 perguntei-lhe pelos filhos e disse-me que estavam bem colocados,

 em empresas importantes e que ganhavam bem.

 Fiquei contente com a resposta e continuei:

        -Quantos netos tem?

        -Verdadeiros, tenho dois, mas na prática tenho três.

O filho casou com uma estrangeira que já tinha um filho,…

lastimou-se, pelo facto.

        -E eu acrescentei: não se lamente, já viu o prazer que o seu filho tem em acordar todos os dias nos braços aconchegadores de uma jovem bela,  com dois faróis a brilharem de ternura e amor por ele, permanentemente?

        -Ó Senhor doutor!… só o senhor é que me fazia rir a esta hora… Então não sabe o que dizem lá na nossa terra?

           «Beleza não põe a mesa.»



publicado por belezaserrana às 11:53
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 5 de Agosto de 2010
O LUXO RENOVADO 100 ANOS DEPOIS

           

           

O conjunto turístico VIDAGO – PEDRAS SALGADAS sempre foi uma referência na beleza dos seus parques, na qualidade dos seus hotéis, mas passados 100 anos, visitem agora o encanto do VIDAGO PALACE HOTEL, com a classificação de cinco estrelas, a classificação máxima dada aos hotéis de luxo em Portugal.

  O Campo de Golfe, que passou de 9 para 18 buracos, vai ser uma das grandes atracções dos hóspedes e visitantes com um poder de compra elevado. O grande mercado alvo será estrangeiro endinheirado para gozar o luxo e suportar os custos, mas penso que nós próprios, sem sermos milionários, poderemos usufruir desses encantos, de vez em quando.

   

O luxuoso e renovado Vidago Palace disponibiliza duas piscinas, jacuzzi, sauna e campo de golfe com 18 buracos, além de acesso Wi-Fi gratuito, parque infantil, sala de jogos e estacionamento privado gratuito.

O spa, também projectado pelo arquitecto Siza Vieira, possui 20 salas de tratamentos e utiliza a água das nascentes de Vidago.

 

           Apesar da inauguração oficial ser apenas dia 6 de Outubro, já pode apreciar a beleza e a comodidade das inovações. Se está a passar férias no Alto Tâmega, visite estes e outros locais de beleza paisagística, artística e os sabores da restauração transmontana do Alto Tâmega e Barroso.

           Participe, gratuitamente, na alegria popular dos arraiais de Boticas, Valpaços e outros;

 ou na burguesia do Casino de Chaves.

           Neste aspecto, já somos europeus de primeira, graças à UNICER e outros EMPRESÁRIOS, sobretudo emigrantes, como o Comendador António Ramos, de Chaves.

                        Artur Monteiro do Couto

 



publicado por belezaserrana às 11:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 1 de Agosto de 2010
ABRIR OS VÍDEOS DE BELEZASERRANA

       Primeiro -  Abrir http://belezaserrana.blogs.sapo.pt

      

       Segundo - No lado direito, do índide, vai encontrara o mapa

                dos Visitantes. Nesta data e hora são

                45.190 Visitantes. Um bonito número!

 

       Terceiro -  A seguir ao mapade visitantes, vai encontrar a referência:

                         Youtube (Videos) . Clique aqui e aguarde

                Escolha um dos 5 Vídeos e experimente.

                Não se esqueça de ligar o som e verá imagens e

                ouvirá belas músicas regionais.

 

                           Artur Monteiro do Couto

 

                



publicado por belezaserrana às 15:23
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO