belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Domingo, 28 de Novembro de 2010
COZINHAR E COMER COM AMOR E MÚSICA - DÁ SAÚDE.

 

 

          O PÃO QUE NOS SUSTENTA AO LONGO DA VIDA

 

      

  COZINHAR E COMER COM AMOR E MÚSICA DÁ SAÚDE.

 

           Não julguem que isto é conversa fiada de um pantomineiro qualquer que quer vender a banha da cobra ou a banha dos porcos em tempo de matança lá para as terras frias transmontanas, minhotas ou beirãs.

       Vejam só o que lemos de um texto escrito pelo Presidente do Conselho Técnico da Sociedade Portuguesa de Naturologia: «…a perfeição, tal como a pureza são coisas que não existem na Natureza. Todas as escolhas radicais e inflexíveis são sinónimo de doença, porquanto a Vida (Natureza) é diversificada, mutável, dinâmica, incontrolável e muito mais sábia do que as nossas limitadas escolhas. Se são importantes os conselhos de pessoas sábias, é importante ouvir e sentir aquilo que o corpo nos transmite, porque isso, sim, é a linguagem da própria natureza a falar connosco. E mais do que regras, tabelas e conceitos, mais forte que tudo isso é o Amor e a Alegria que devemos colocar em cada acto da nossa vida, sobretudo na confecção dos alimentos que vamos ingerir. Cozinhar com Amor, ao som de música, cantar e rir, isso dá mais saúde do que todas as regras obtusas. E seja grato por tudo aquilo que tem para comer em cada dia da sua vida.»

           E nós acrescentamos, «faça acompanhar a refeição com um copo de um bom vinho tinto» - receita médica muito utilizada na Idade Média, que lemos num dos livros do Professor Doutor (médico) – Armando Moreno.

           Mas atenção: segundo ensinamentos da Antiga Medicina Indiana e da MCT, o chocolate é considerado um alimento perigoso e tóxico, prejudicial ao trato intestinal e energeticamente desiquilibrante.

            O “cozido à barrosã”, «à portuguesa ou à minhota” acrescentam-lhe a alegria e bem-estar, se obedecer à aceitação do seu organismo.

                    “Use mas não abuse”; há colesterol bom e colesterol mau.

 

                                      Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010
DIREITOS HUMANOS TROCADOS PELOS DIREITOS DOS MEXILHÕES DE BOTICAS.

BARRAGENS

ECONOMIA PORTUGUESA VENCIDA PELA GUERRA DOS “MEXILHÕES” DE BOTICAS.

 

 

A eléctrica espanhola pagou 303 milhões em licenças por quatro barragens, mas o Ministério do Ambiente chumbou uma, a de Padroselos por causa de uma “dúzia de mexilhões” existentes no rio Beça do concelho de Boticas. Esta circunstância ridícula, num país mendicante para matar a fome a cerca de dois milhões de portugueses, podia ter obrigado o Estado a devolver 75 milhões de euros à Iberdrola, se não fosse a reestruturação do projecto e a permissão de aumentar a cota e produção de mais potência nas restantes barragens.

Em 2008, o Estado encaixou 623,5 milhões de euros em receitas extraordinárias, que ajudaram à redução do défice público, com as licenças pagas pela atribuição de oito barragens, naquele que foi o último ano em que Portugal cumpriu a meta dos 3% do PIB.

O Governo espera agora encaixar 200 milhões de euros nos concursos para centrais mini-hídricas e fotovoltaicas. A Iberdrola pagou quase metade da verba pelos aproveitamentos de Gouvães, Padroselos, Alto Tâmega e Daivões com uma proposta para uma potência global superior a 1000 megawatts (MW), dos quais 230MW eram assegurados por Padroselos. (Fonte: Presidente do Instituto da Água (INAG)-Orlando Borges ao jornal i -24 de Novembro 2010»

No Verão do ano passado, o Ministério do Ambiente chumbou esta barragem no rio Tâmega (bacia do Douro) para salvaguardar o habitat do mexilhão do rio, uma decisão que poderia ter custado 75 milhões de Euros ao Estado, isto é, ao “Zé Povinho” que está a ser desalojado das suas habitações e posto na rua por falta de pagamento da renda aos senhorios ou os créditos às Instituições bancárias. - Por isso é que o Povo anda revoltado com estes comportamentos da governação e já começa a suspirar pelo regresso de outros ventos novas gentes.

 

As instalações dos alojamentos já começaram na região de Ribeira de Pena.

 

 

 



publicado por belezaserrana às 19:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 20 de Novembro de 2010
ULTRAPASSÁMOS 50.000 VISITANTES

 

HILLARY CLINTON EM PORTUGAL DISCURSANDO SOBRE A PAZ NO MUNDO

 

             50.000 VISITANTES CONSULTARAM BELEZA SERRANA

         ATÉ ÀS 18 HORAS DO DIA 20 de NOVEMBRO 2010.

 

            Agradeço a colaboração técnica e artística do Eng.º Amílcar Morais e o apoio pontual do jovem Manuel Tomás. A todos os visitantes e comentadores, manifesto, também a minha simpatia e gratidão.

Com base na experiência do passado, tentaremos fazer mais e melhor no futuro. Serão bem-vindas todas as sugestões. A orientação editorial vai ser a mesma: dizer a verdade, falar das belezas paisagísticas, artísticas, culturais e da criatividade dos humildes e dos letrados, no respeito integral pelos Direitos do Homem.

 

             Nesta data, encontram-se em Portugal as personalidades mais ilustres da Política Internacional: Presidente dos Estados Unidos da América, Presidente da Rússia, Dnmitri Medvedv, Chanceler Alemã, Ângela Merkel, Presidente Sarkosy, da França. etc.;Secretário- Geral da ONU, Secretário-Geral da Nato e muitos outros chefes de Estado que nos abstemos de citar, remetendo para outros órgãos de informação.

            Para iniciar esta nova fase, escolhemos a fotografia de uma das Senhoras mais ilustres do Mundo contemporâneo: Hillary Cinton, Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros do país mais influente do mundo, tendo dado a melhor colaboração ao  seu marido Bill Clinton, ex-presidente dos EUA durante duas legislaturas.(Ver biografia no Google)

             Desejamos os melhores sucessos a todos aqueles que, de qualquer modo, trabalham e lutam pela paz. Estamos solidários com os nossos militares que, noutros países, estão ao lado dos desprotegidos e vítimas da guerra.

              Com um abraço, ficamos ao dispor dos que sempre acompanharam o nosso trabalho.

                                    Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 21:19
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 19 de Novembro de 2010
PORTUGAL NO CENTRO DAS ATENÇÕES DO MUNDO

   

 

                   PORTUGAL NO CENTRO DAS ATENÇÕES DO MUNDO

 

       À margem da Cimeira da NATO, Barack Obama, Presidente dos Estados Unidos da América,

 reuniu hoje com o Presidente da República de Portugal, Aníbal Cavaco Silva, no Palácio de Belém onde o recebeu com todas as honras e o saudou em nome do Povo Português, e no Palácio de São Bento, foi recebido pelo Primeiro Ministro, José Sócrates. Foram tratados assuntos das relações entre a Europa e os E U A, a CPLP, a NATO, as forças portuguesas destacadas no estrangeiro, e uma referência muito especial à Comunidade Portuguesa que vive, trabalha e estuda nos EUA e possíveis investimentos empresariais.

      Portugal sempre teve boas relações com os EUA e esteve a seu lado nas lutas pela dignidade dos povos e a defesa dos Direitos do Homem ( e das Mulheres que continuam a ser escravizadas pelos supostos maridos ditadores e exploradores do seu trabalho e dos seus corpos,como se existissem unicamente para satisfazer os seus sentimentos animalescos). Pena é que alguns cidadãos de boa vontade, em vez de virem protestar para Lisboa, não tivessem ido para outras paragens onde as mulheres são condenadas à morte por apedrejamento, como alguns imbecis faziam aos cães nalgumas aldeias do interior, e defendê-las, interpondo-se entre as mulheres e o apedrejamento.

      Somos pacifistas e defendemos a paz sem restrições nem condicionalismos políticos, económicos ou religiosos. E o nosso comportamento deve pautar-se pelo equilíbrio e bom senso. Se a filosofia social fosse esta, Portugal empobrecido não teria necessidade de gastar milhões de euros para defender a integridade física de Estadistas dignos que vieram à procura de soluções de paz para sociedades que tendem a degradar-se cada vez mais.

            Sejam bem-vindos os que vierem por bem, e os outros não fazem cá falta nenhuma.

             Se desejamos a Paz, respeitemos a Justiça e os Direitos do Homem, oficialmente reconhecidos.

             Tenhamos em mente que Portugal foi o primeiro país do Mundo a abolir a pena de morte.



publicado por belezaserrana às 21:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010
LITERATURA E DOURO DE HONRA

                          

                                   DOURO de HONRA na CTMAD

 

 

         AULA DE LITERATURA A PARTIR DO DOURO PROFUNDO

                                  Será servido um “DOURO DE HONRA”

 

         As Associações Regionais não existem apenas para beber uns copos, comer uns bons petiscos, dançar, jogar as damas e contar histórias. A Cultura Literária é uma preocupação constante como escola de aprendizagem dos escritores mais jovens.

 

Numa conversa a dois, entre António José Borges e João Bigotte Chorão, no dia 25 de Novembro, pelas 18 horas, no número 50- 3ª andar esquerdo da Praça do Campo Pequeno, falar-se-á de um dos mais importantes escritores da Literatura Portuguesa de qualidade: João de Araújo Correia, destacado contista, cronista e epistológrafo português do século XX. 

João de Araújo Correia nasceu em Canelas do Douro no dia 1 de Janeiro de 1899. Viveu quase toda a sua vida no Peso da Régua, onde exerceu a sua actividade de médico de profissão e de escritor por vocação, como dizia. Faleceu no Peso da Régua no dia 31 de Dezembro de 1985.

Este notável autor deixou-nos dez livros de contos, quatro novelas, oito livros de crónicas, dezassete títulos diversos e um livro de poesia.

A Imprensa Nacional – Casa da Moeda está a reeditar a sua obra completa (ficção). Sendo um autor de difícil rotulagem, João de Araújo Correia insere-se na linhagem de escritores do Século XX português que pediram águas a Camilo Castelo Branco, Trindade Coelho ou Fialho de Almeida, entre outros, e que a par de um Aquilino Ribeiro, um Domingos Monteiro ou um Miguel Torga influenciaram outros autores contemporâneos, como Mário Cláudio ou Agustina Bessa-Luís, também entre outros. 

Esta sessão na Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro visa, então, dignificar mais um autor português, consciente e iluminado, que se quer maior no panorama da Literatura Portuguesa do século XX.

      É amante da Literatura e aprecia as temáticas durienses, aceite o convite dos conferencistas e da Direcção da CTMAD. Participe no colóquio.

                      Casa da Trás-os-Montes e Alto Douro LISBOA

                                    arturcouto@clix.pt

 



publicado por belezaserrana às 13:28
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Novembro de 2010
A PONTE ROMANA DE CHAVES E OS SOFÁS PARA OS CAMINHANTES

  

         Foi com surpresa e agrado que dobrámos a esquina de uma das ruas vindas do Complexo Termal das «AQUAE FLAVIAE» e encontrámos à entrada da Ponte Romana, sobre o rio Tâmega, vindo de Espanha, os sofás que ilustram o texto, disponíveis para sentarem os habitantes ou visitantes, e ali tomarem um café, comerem os célebres pasteis de Chaves, a que há dias se referiu o Dr. José Manuel Durão Barroso, (Comissão Europeia), ou saborear outros produtos regionais, nacionais ou internacionais. CHAVES é assim: uma cidade que nasceu, cresceu e continua a viver na encruzilhada de consonâncias e dissonâncias das mais variadas dos linguajares dos Povos e das melodias e doçuras musicais.

            Por hoje, ficamos por aqui. Venham os meus leitores espalhados pelo Mundo, que consultam http://belezaserrana.blogs.sapo.pt  , até cá, e se tivermos o prazer de nos encontrarmos quando estamos a umas dezenas de atingir o número 50.000 (cinquenta mil) visitantes, ofereço-lhes um pitéu transmontano.

                         Fica um abraço para todos os simpatizantes de «BELEZASERRANA».

                                            arturcouto@clix.pt

 



publicado por belezaserrana às 20:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010
MUITAS FESTAS E O DINHEIRO A VOAR

       

 

             MUITO TEMPO LIVRE E OS EUROS A DIZER ADEUS

 

                    O mês de Dezembro está nas recordações de todos nós, por causa da Festa do Natal, dos encontros familiares à volta da lareira, da gastronomia tradicional, dos presentes e das aventuras do “Pai Natal” barrigudo, gorducho, barbudo, exótico, a descer pela chaminé.

                   O mês de Dezembro que se aproxima traz muitos dias sem trabalho:

 - Feriados nos dias 1, 8, 25.

 - Sábados               4, 11,18, 25.

 - Domingos            5, 12, 19,26.

 Associando as férias de alunos e professores, há muito tempo para a paródia de muita gente.

Posto isto, nós acrescentamos, mais um motivo para lembrar que a partir do dia de Ano Novo começa o calvário para milhões de portugueses e talvez venha a propósito prevenir os tradicionais esbanjadores que nos dias seguintes tudo será mais caro e menores os rendimentos.

    - É triste sabermos de antemão que a Alemanha rica e poderosa vai gastar a metade na iluminação das ruas. E depois ainda nos falta a vergonha de ir pedir aos Alemães que venham matar a fome a dois milhões de pobres da terra lusitana.

                            Artur Monteiro do Couto

 

Conselho muito útil: Se comer o bacalhau com cebola, beba leite açucarado depois da refeição; purifica-lhe o hálito e o cheiro da cebola desaparece.

                                  A namorada agradece.     

                



publicado por belezaserrana às 17:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 9 de Novembro de 2010
TRANSMONTANOS COMBATEM A CRISE COM FESTAS

           CONJUNTO MARANUS E A ELEGÂNCIA DO JOÃO FRANCO

 

  No passado domingo, dia 7 de Novembro, realizou-se o tradicional magusto da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa, como tem sido hábito nos últimos anos, no Externato Marista, na Rua Major Neutel de Abreu, junto ao Estádio da Luz, cujo Director é o Professor Virtuoso, tendo substituído o Dr. José Luís Pedrinho,que frequentou a Escola Secundária Fernão de Magalhães, em CHAVES.

       Os Presidentes das Câmaras Municipais de Valpaços, engº. Francisco Tavares  e Vinhais, Dr. Américo Pereira, colaboraram com a oferta das castanhas, produto de excelência naquelas regiões, e este tipo de promoção directa feita entre transmontanos, em Lisboa ou Oeiras, tem dado os melhores resultados para a comercialização deste e de outros produtos.

        Estiveram presentes doze expositores vindos de CHAVES (pastelaria Carbela), de Valpaços - Castemonte representada pelo Senhor Flávio Costa e Sousa, Padaria Moutinho, alheiras de Mirandela, vinho de várias Adegas Cooperativas, e muitas coisas mais.

        A Direcção da CTMAD, ao organizar estes eventos tem apenas um objectivo: promover a cultura e a economia da nossa região, aproveitando as largas centenas de casas de restauração, propriedade de transmontanos ricos e remediados; tudo gente trabalhadora que não esquece as suas raízes.

Tivemos música e muita animação para todos os participantes, sem gastarem um cêntimo. Destacamos o conjunto Maranus,  os acordeonistas Dr. Jorge Gomes,de Vidago, e o Teotónio Gonçalves, de Pinho, Boticas. Rancho Folclórico de Cinfães do Douro. As festas também são necessárias nos tempos que correm, onde só ouvimos lamentações e vemos desencantos. Os Transmontanos são amigos e solidários.

    

                                    Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 13:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 6 de Novembro de 2010
SOCIALISMO PRATICADO NA UNIVERSIDADE. VEJA O RESULTADO.

 

 

                 

               AULA PRÁTICA DE SOCIALISMO NA UNIVERSIDADE

 

                Recebi do Presidente de um Banco fundado por emigrantes portugueses nos Estados Unidos da América a notícia do que se passou numa aula de Economia entre os alunos e o professor.

                 Estudados os diferentes sistemas económicos, uma grande parte dos alunos escolheu o sistema socialista como o mais válido para resolver os problemas sociais sem haver guerras e guerrilhas entre os cidadãos da mesma comunidade, país.

                 O Professor propôs-lhes que começassem a pôr em prática o sistema socialista defendido por eles nas suas actividades e respectivas avaliações. Os estudantes aceitaram a proposta batendo palmas.

                 Feito o primeiro trabalho de avaliação individual, uns alunos tiveram 18, 16, 14. 12, 10, 7, 5, e 4. Tudo somado deu a média socialista de doze valores.

                 Feito o segundo trabalho, as notas começaram a baixar: 15, 13, 11, 9. 6 ,3, 0. Deu a média de 10 valores. No terceiro teste, a média passou para 7 e as coisas iam piorando cada vez mais.

Feita a soma e a aplicação socialista, os alunos estudiosos começaram a pôr em causa o parasitismo daqueles que só queriam farras e não pensavam no prejuízo que estavam a causar aos estudiosos. O problema foi-se agravando, porque as coisas iam de mal a pior e os alunos de 18 passaram para a média de 9 e não conseguiam passar de ano, acabar os cursos e arranjar, um dia, competências e empregos condignos. Verificaram que as boas intenções do socialismo os estava a conduzir ao fracasso, porque, cada vez estudavam menos e sabiam menos.

                  A maior parte dos alunos levanta de novo o problema do “socialismo” ao Professor de Economia e em coro, disseram-lhe: «não queremos mais socialismo deste porque todos saímos prejudicados e este sistema não passa de uma fábrica de parasitas que querem viver à custa do trabalho dos outros. Afinal, de boas intenções está o inferno cheio. Queremos voltar a ser avaliados pelo sistema inicial.

 

           Pergunta-se: -Não estaremos nós, em Portugal, a sofrer as consequências dos que não querem estudar, trabalhar e só pensam viver à custa do trabalho alheio?

       

           Talvez venha a propósito lembrar a Fábula da Cigarra e da Formiga.

 

        E não será vergonhoso querer viver à custa do trabalho e dos sucessos dos Alemães, criticando, injustamente, a Senhora Angela Merkel?.

                        Artur Monteiro do Couto

    



publicado por belezaserrana às 17:42
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 4 de Novembro de 2010
O MAGUSTO DOS TRANSMONTANOS EM LISBOA

   

      

                            O PARTO DAS CASTANHAS EM TRÁS-OS-MONTES

 

               

      MAGUSTO – GRANDE ENCONTRO DE TRANSMONTANOS EM LISBOA

 

Vimos recordar-lhe que, no próximo domingo, dia 7 de Novembro, vai realizar-se o nosso tradicional Magusto. Decorrerá, como tem sido hábito nos últimos anos, no Externato Marista, na Rua Major Neutel de Abreu, nas traseiras do Estádio da Luz, para quem circula na Segunda Circular.

Pode utilizar os autocarros que fazem o percurso da Estrada da LUZ e temos estacionamento para os automóveis nos parques do Colégio. Podemos encher as malas dos carros de produtos regionais, sem grandes incómodos.

Está garantida a presença de pelo menos 12 expositores que trarão os mais variados produtos da nossa terra.

A entrada é gratuita e o custo do magusto servido à hora do lanche é de 5 euros. 

Há, além disso, 100 almoços disponíveis, ao preço de 10 euros, para os 100 primeiros associados que adquiram a respectiva senha.

As portas abrirão por volta das 10 horas da manhã.

Vamos ter música e muita animação para todos os participantes sem gastarem um cêntimo. Caso raro nos tempos que correm, onde só ouvimos lamentações. Os Transmontanos são amigos e solidários.

                                    Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 18:53
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO