belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Quarta-feira, 30 de Março de 2011
BRASIL OFERECE AJUDA A PORTUGAL

                                      

           

           Lula da Silva - Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra  

 

       

De "Guerrilheira" a Presidente do Brasil, aclamada na Universidade de Coimbra pelos estudantes

 

  A solidariedade do Povo Brasileiro para com Portugal, neste tempo difícil para os assuntos económicos, chegou pela voz da ilustre e talentosa Senhora DILMA ROUSSEFF, Presidente da República do Brasil e do ex-Presidente Luís Inácio Lula da Silva, duas personagens que são uma lição de grandeza moral para todo o Mundo. Os seus percursos de vida pautaram-se pela ambição de construirem um mundo mais justo, respeitando os Direitos Humanos e lutando por eles. Da cadeia e das torturas até à vitória final. O POVO BRASILEIRO reconheceu-lhes o mérito e elevou-os à categoria de cidadãos dos mais ilustres que povoam a TERRA.

                  Aqui fica a nossa homenagem e gratidão.

                       Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 21:14
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 27 de Março de 2011
PORTUGAL E O PALHAÇO POBRE A PEDIR DE CHAPÉU NA MÃO.

        

               PORTUGAL E O PALHAÇO POBRE

 

              Rir utilizando a miséria alheia sempre foi cultivada ao longo dos tempos e nós, possivelmente, também fizemos parte daqueles que, em crianças, lá pelas aldeias ou nas grandes cidades, participámos em espectáculos onde a figura mais aplaudida era o “Palhaço Pobre” que dava umas cambalhotas, se apresentava com a figura ridícula de nariz redondo e vermelho, vestes longas, cores berrantes, desdentado e despenteado para acentuar o retrato de mendigo e, assim, mais comover a assistência a colocar umas moedas no chapéu, nos intervalos ou no fim do espectáculo.

         

       Assim nasceu a figura económica de “andar com o chapéu na mão” e “calças na mão”, como o “Palhaço”, a mendigar uns “escudos”, “cêntimos ou euros”, por aqueles que vão perdendo os postos de trabalho, vêem as empresas a caminho da insolvência, e as pequenas recordações de ouro entrarem nos prestamistas para matarem a fome aos filhos. Parece ser esta a imagem que um País com uma História gloriosa do passado se vê agora no papel de mendigo de chapéu na mão a lançar apelos aos quatro cantos do Mundo para virem em seu socorro para que não venha a faltar a maior número dos seus cidadãos o pão de cada dia. Parece que estou louco ou que  tudo se varreu da cabeça e que só já restam algumas imagens de criança ou tenho uma imaginação perturbada.

 

        É capaz de não ser bem assim.

 

    Tenho na minha frente o Jornal EXPRESSO de 26 de Março de 2011. Li-o com atenção e interesse. Vou transcrever algumas passagens:

    Da primeira página: «Bruxelas e Cavaco travam auditoria às contas públicas»; «Barroso, Merkel e Trichet não querem auditoria às contas públicas agora.»

    No Editorial pode ler-se: 

   «Neste momento sabemos onde estamos: temos uma dívida proibitiva, estamos em risco de perder o financiamento externo, temos metas orçamentais brutais e não podemos contar com a complacência europeia. Com ou sem ajuda externa, os partidos têm a obrigação de dizer aos portugueses o que os espera.»

  -   «O ex-ministro, Manuel Pinho, diz que o país vive acima das suas possibilidades e que a culpa é de todos: do Estado, das empresas, das famílias e dos bancos… A diferença entre o que Portugal gasta e produz é cerca de 10% do PIB, 1700 euros/ano por português ou 6.800euros/ano por família com dois filhos. Todos os anos o país tem de se endividar no exterior por este montante para financiar um trem de vida acima das suas possibilidades.»

        O que fica dito, penso que é suficiente para nos envergonhar como portugueses honestos. São horas de responsabilizar aqueles que, sendo uns pelintras, querem fazer vida de luxo e passar férias no estrangeiro, enganando os credores e os que vivem e trabalham ao seu lado.

       Será que, agora, os cidadãos honestos e trabalhadores vão ter as reformas ou salários reduzidos para dar subsídios e pagarem as dívidas dos desonestos caloteiros?

        São horas de tomar decisões justas e rigorosas e de não andarem a iludir e aldrabar o Povo, como tem vindo a acontecer nos últimos anos.

        É mais justo os Bancos e as grandes organizações de eventos luxuosos ficarem “a arder” do que os humildes trabalhadores de todas as profissões.

        E aos ladrões, sobretudo ricos, que os metam na cadeia, mas a comer à custa dos seus bens.  

    - Repugna-nos a ideia de ver Portugal no mundo, de chapéu na mão como um parasita.

      Esta situação é moralmente miserável e ofensiva para quem sempre viveu e trabalhou honestamente.  

                                         Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 00:36
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 21 de Março de 2011
AS BARRAGENS TRANSMONTANAS VÃO GERAR RIQUEZA E BELEZA

 

 

                  PASSEANDO POR TRÁS-OS MONTES E ALTO DOURO

 

        As barragens no Sabor, no Tua e no Tâmega foram motivo de contestação para alguns respeitáveis cidadãos e de caloroso apoio para muitos outros que amam e respeitam esses rios, as aldeias mais próximas, as suas riquezas e misérias. Toda a gente envolvida neste “Prós e Contras” é louvável. Os calados e os indiferentes é que poderão ser questionados pela sua posição diante de decisões importantes para a economia nacional e local. Não devemos tomar uma atitude de moribundos enquanto temos energias dinamizadoras e somos cidadãos com direito a voto e a sermos ouvidos.

        Os que contestam as energias alternativas, pela água, pelo sol, pelo vento e outras, têm agora mais uma razão acrescida quando vêem as imagens de milhares de cidadãos a fugirem da proximidade das “Centrais Nucleares” no Japão, ou tomam conhecimento dos novos ladrões das bombas de combustíveis pelo aumento de preço e escassez das energias que lhes proporcionam passear, trabalhar e ganhar o pão de cada dia dentro de grandes meios de transporte. Poderemos, assim, concluir que as “Barragens” são fonte de riqueza e beleza para todos os portugueses; mas têm de servir, efectivamente, os interesses de todos e não apenas de alguns privilegiados que acumulem grandes contas bancárias à custa dos pés descalços que continuam a viver na solidão das montanhas, a ouvir cantar as águas em períodos de Inverno e a uivar os lobos durante a noite.

         Foi com agrado que lemos, no “Semanário Transmontano” de 18 de Março, que a maior das duas barragens que integram o aproveitamento hidroeléctrico do Baixo Sabor, em Torre de Moncorvo, já começou a ser cimentada, que o enchimento da barragem está previsto para 2013, devendo começar a produzir energia em 2014. O projecto da EDP emprega já mais de 1000 trabalhadores. Acrescentam ainda que das 85 empresas contratadas, 13 são locais.

          Esperamos que a Iberdrola ( empresa espanhola)  reinicie o mais depressa  possível as obras no rio Tâmega, para aumentar a beleza e a riqueza entre as montanhas que foram durante séculos abandonadas, exclusivas de javalis, coelhos, cães de caça, lobos e de poucos rebanhos de ovelhas e cabras que têm vindo a desaparecer, com a maior parte das populações. E gente com poder de compra e amante da natureza, de paisagens invulgares  e dinheiro para relançar a indústria hoteleira, subam às regiões montanhosas, rios acima, e que nos tragam mais riqueza e qualidade de vida.

                                Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 19:52
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Quinta-feira, 17 de Março de 2011
A FESTA EM CARCAVELOS ABRIU AS PORTAS A TODOS OS PROFESSORES DE PORTUGAL

    

      PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAIS ELOGIA OS PROFESSORES

 

     Na mesa da presidência da cerimónia inaugural, vemos o actual Presidente da Câmara Municipal, Dr. Carlos Carreiras, o seu antecessor, Dr. António Capucho, que disponibilizou o terreno para a construção da CASA do Professor, o autor do projecto,Arquitecto Souto Moura e elementos da Direcção da ASSP.

    O Presidente disse: «a vossa profissão é a mais nobre e mais digna pela excelência do trabalho que prestais à sociedade, com talento, entrega e competência. Todos nós somos beneficiários directos dos ensinamentos científicos e princípios éticos que orientam toda a Vossa vida.

    Estamos convosco para vos apoiar. Temos de proteger os séniores, os maiores, os sábios que transmitem permenentemente saberes sem nada pedirem em troca. Sabemos reconhecer o mérito.»

 

             

        Na imagem vemos parte da Casa do Professor e a urbanização de luxo em que está inserida.

   Está situada na Rua Pedro Álvares Cabral, nº 150, junto ao Hotel Riviera e a Escola de Ténis de Carcavelos, a 300 metros do Mar.

 

         Para lá chegar facilmente, siga o mapa fornecido pelo Hotel Riviera. A Rua Pedro Álvares Cabral começa ao lado dele.

 

        

 

     Voltaremos a falar da Associação de Solidariedade de Professores, a nível nacional, em breve.

 

               Parabéns a todos os Professores que têm contribuído com saberes e dinheiro para se estar a fazer crescer uma grande Obra- que já tem uma dimensão nacional.

 

                   Consulte o site  www.assp.org

 

                       Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 00:17
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 12 de Março de 2011
GERAÇÕES À RASCA PROTESTARAM NAS RUAS CONTRA O GOVERNO SOCIALISTA.

             

 O dia 12 de Março 2011 vai ficar para sempre na História de Portugal e por razões bem tristes.

        Os jovens estudantes e novos licenciados, cerca de 60.000 desempregados, juntaram à sua volta nas ruas de Portugal gente de todas as idades a protestarem contra a péssima governação dos últimos anos em Portugal, que está a conduzir o país à miséria e o mais pobre da Europa.

        A falta de diálogo do Primeiro Ministro com a oposição, Assembleia da República e com o Presidente da República, não auguram nada de bom.

      Todas as gerações estão descontentes; apenas os protegidos políticos, seus familiares e amigos é que estão com medo de perderem benesses e tentam iludir o Governo que, pelos vistos, vai cair sem honra nem dignidade. - O que lamentamos. Somos apenas portugueses e queremos o bem de Portugal e que saibamos honrar as barbas dos nossos antepassados, que deram novos Mundos ao Mundo, sem pensar nas contas bancárias feitas à custa do suor e do sangue de gente honrada e trabalhadora.

 

    

                  Manifestação no Rossio, em Lisboa.

       Esperemos que tudo mude para melhor.

 

    O Professor Doutor Manuel Maria Carrilho, foi ex-Ministro de um Governo socialista e exerceu funções de relevo na Comunidade Europeia, pode dar uma ajuda, se ouvirem a sua voz. «Revelou a sua perlexidade pelo acumular de situações irresponsáveis porque um Governo minoritário não pode provocar a oposição e o Presidente da República, como tem vindo a fazer, ultimamente. In "Jornal Nacional da TVI- 12 de Março 2011"» 

 

   



publicado por belezaserrana às 21:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 8 de Março de 2011
LIÇÃO DESTINADA A TODOS OS CIDADÃOS P`RA NÃO FICAREM À RASCA.

 

           LIÇÃO  DESTINADA A TODOS OS CIDADÃOS,

                                  EM DITOS POPULARES

 

             Vivemos numa época de crise a nível mundial. As surpresas desagradáveis surgem dos quatro cantos do mundo. Na ordem do dia, está a falta de energias, sobretudo as provenientes do petróleo, a escassez alimentar, o desemprego de letrados e ignorantes e uma série de circunstâncias negativas que todos nós, mais ou menos, conhecemos e lastimamos.

             A história evolucionista do ser humano está cheia de exemplos desta natureza. Agora, veja a lição que os analfabetos de todos os tempos nos deram para diminuir as consequências do infortúnio:

 

                              «GUARDA DA RIA P`RA CHORA»

 

                                                   Isto é:

   

       «Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe».

 

    Muito boa gente estará a lamentar-se das férias, dos perfumes, das mariscadas, dos carros de luxo e de tudo o mais que utilizou a crédito pela mania das grandezas…

                                     - E agora, que a desgraça bateu à porta? 

                                     -Talvez os ditos populares nos sejam úteis.

 

          Nota: «Guarda da Ria (dos tempos das vacas gordas)

                     P`rá Chora (tempo das vacas magras)» foi recolhido

                    na aldeia de SAPIÃOS-Boticas, próxima de Espanha.

                                     

                                               Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 23:03
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 7 de Março de 2011
O CARNAVAL FUGIU DA CIDADE PARA AS MONTANHAS E PRAIAS.

    

               MÁSCARAS TRADICIONAIS LUSO- ESPANHOLAS(Norte de Portugal)

 

               O Carnaval ainda é tempo de festa, sobretudo para as crianças e populares porque os burguesesdas cidades já preferem a neve da Serra da Estrela e as praias de países quentes, como o Brasil, ou a amenidade da Ilha da Madeira.

               Em Portugal, destacam-se os cortejos de Torres Vedras, Loures, Loulé, Ovar e poucos mais. Mas o encanto das crianças da maior parte das escolas portuguesas, embora muitas delas vestidas de enfeites chineses, a fazerem concorrência aos artesãos e criatividade portuguesa, nos leve a pensar que pouco a pouco, a arte portuguesa vai ficar-se pelos artistas e artesãos que trabalham por amor ao próximo, sem nada receberem em troca, a não ser a dedicação ao bairrismo.

 

                 Desejamos muita alegria para toda a gente. 

                                 A. C.



publicado por belezaserrana às 00:22
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO