belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008
O PORCO DE SANTO ANtÓNIO em TERRAS de BARROSO

 Na aldeia de Sapiãos, concelho de Boticas, para angariar fundos para as obras da Igreja, a Comissão Fabriqueira comprava um leitão (porco pequenino) e a alimentação deste, até ser grande e estar muito gordo, ficava ao cuidado da população que gostava muito de colaborar com a engorda do porco de Santo António.

Cada dia mudava de tratador, que o alimentava durante o dia, e à noite, ia dormir à corte, assim se chamava uma pequena divisão de uma casa, coberta e atapetada de palha para ele dormir confortavelmente. Em cada despertar de um novo dia, aparecia uma nova amiga a convidá-lo a sair e a ir almoçar e jantar a casa dela. Rua abaixo, lá ia ele de campainha ao pescoço a anunciar que ele era um convidado e um porco especial. Era propriedade da aldeia e crescia para benefício do Património Histórico da Aldeia.

Depois de uns meses de bem tratado, chegava o dia de ser arrematado em leilão público para ser entregue a um só dono que, na altura das cevas o ia transformar em presuntos, salpicões, chouriças e outros sabores para deliciosos condimentos e iguarias.

E as igrejas continuam bem conservadas e bonitas. Aqui fica o nosso agradecimento aos numerosos porcos de Santo António que se foram sucedendo ao longo de séculos, na aldia.


Artur Monteiro do Couto 



publicado por belezaserrana às 14:02
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Uma Sapiota à espreita... a 16 de Janeiro de 2008 às 16:03
Há muitas aldeias, de norte a sul do país ,que estão a voltar às origens, praticando antigos costumes, uns mais castiços que outros!
Era engraçado se Sapiãos voltasse a engordar um porquinho de Santo António...entre outras coisas, mais que não fosse pela diversão em si, mas não me parece que a actual conjuntura económica e social o permita!
Já ninguém tem tempo disponível para se empenhar numa tarefa destas: os mais novos não se interessam, os mais velhos já não têm paciência...
Apesar de eu não viver lá, gostava de ter sabido que na minha aldeia andava um porquinho à "boa vai ela" rua acima, rua abaixo, de sininho ao pescoço anunciando a sua passagem...
Que pena! Acho que me vou ficar pelo pensamento...


De belezaserrana a 18 de Fevereiro de 2008 às 20:32
Gostei imenso do comentário porque tem um misto de realidade e de poesia. Eu tive a sorte de ver primeiro. os tais porquitos, depois vê-los transformados em grandes porcões a merecerem o carinho da população e o encanto das crianças.Na nossa aldeia, até os porcos dos presuntos e dos salpicões humanizavam os humanos. Nas cidades, já não há nada a fazer. Há muitos calhaus em vez de dóceis porquinhos. Beijinhos para a autora.


De aquimetem a 21 de Janeiro de 2008 às 23:59
Passei por aqui para felicitar e deixar uma abraço. Bom trabalho, em prol da sua terra, ou melhor dito de Trás-os-Montes. Acabei há pouco de engendrar um arrazoado sobre a nossa visita à FIL . Se tiver oportunidade veja. Até sempre.


De belezaserrana a 18 de Fevereiro de 2008 às 20:36
ligue para www.flrckr.com e veja as fotos de artur couto. Depois, diga da sua justiça.
Li o texto sobre a B T L. Muito bem.


De aquimetem a 19 de Fevereiro de 2008 às 19:46
Boa tarde! Já lá fui, mas não vi fotos do meu Amigo. Vou tentar de novo. Vai à terra? O Cavaco é que sim, e pelos vistos tentado pelo "vinho dos mortos". Escusava de ir tão longe.... Um grande abraço e parabéns pela lista A....


De Angela a 4 de Junho de 2011 às 02:45
Comentário muito narrativo... adorei saber a origem da palavra "porco de Santo Antonio" .. :)


Comentar post

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO