belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Terça-feira, 20 de Setembro de 2011
O CIENTISTA AMA A NATUREZA DA SUA JUVENTUDE.

  

 

         EM 2011 DOCUMENTA-SE O DESPREZO PELA NATUREZA EM BOTICAS

 

    

 FALOU UM CIENTISTA E A SUA MENSAGEM DEVE SER  OUVIDA

 

           Natural de Chaves, deu os primeiros passos em Boticas onde seu pai exerceu a medicina, em que se formou na Universidade de Coimbra, e ainda hoje é referenciado como o “ Dr. Naná” ( um grande médico e um grande jurista licenciado, mais tarde, por amor às leis.)

          O cientista a que nos referimos, tem o nome do pai “Arnaldo Videira” e é Professor no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Em simultâneo, estuda e investiga no Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto.

          Na entrevista que deu à jornalista de A VOZ DE CHAVES, Sandra Pereira, referiu aspectos científicos do maior relevo, que dizem respeito a todos os seres humanos e recordou momentos da sua infância e adolescência passados em Boticas na companhia dos seus pais, de quem eu tive a honra de ser amigo e cliente do jovem médico Dr. “Naná”, assim carinhosamente tratado pelos familiares e amigos.

           O Professor Doutor Arnaldo Videira, filho, nunca esqueceu os belos momentos da sua juventude vividos na Vila dos “mortos” e das trutas nos rios Beça e Terva.

 

                       Mas deixa um lamento:

 

«A grande vantagem de Boticas é estar bastante próxima da natureza,mas podia estar mais bem preservada.»

 

          E eu documento a razão do seu descontentamento com esta fotografia, tirada no rio das trutas – rio Terva – enquanto um grande incêndio lavrava nas serras vizinhas e os helicópteros tinham de fazer grandes deslocações à procura da água desprezada ali a dois passos por quem tinha o dever de preservar a tal natureza que as pessoas de bom senso e o mínimo de cultura defendem.

 

         Há dinheiro para indemnizar os donos das hortas e transformá-las em jardins que vão motivar grandes encargos para os manter no futuro, e deixam-se arder os jardins naturais dos campos e das serras das aldeias vizinhas, sem haver o interesse de indemnizar os donos dos terrenos à beira dos rios, retendo água suficiente para embelezar e preservar a natureza da calamidade dos incêndios. Não temos alvos pessoais, mas a quem servir a carapuça que a enfie.

 

                       Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 19:24
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO