belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Sexta-feira, 14 de Outubro de 2011
A CASTANHA ESTOUROU NA BOCA DOS PORTUGUESES E O SANGUE CONTINUA A JORRAR.

 

                        VAMOS EXPLICAR O SENTIDO DO TÍTULO

     

   Dentro de dias, vamos celebrar a festa de S. Martinho, (11 de Novembro), com castanhas e vinho, segundo a tradição portuguesa.

 

       - Quando alguém transgrediu, não cumpriu as Leis aprovadas na Assembleia da República, e foi multado ou preso, - o “Povo” acrescenta:

  «estourou-lhe a castanha na boca».

          Os que já participámos em magustos e vimos assar as castanhas das mais variadas formas, verificámos que aquelas castanhas cujo invólucro (casca) não sofreu um ligeiro corte, com a intensidade do calor das brasas,

começam a estourar, rebentar, fazendo lembrar o estourar dos foguetes nos arraiais das romarias.

         E assim como os foguetes, se atingiram os espectadores, lhes causam ferimentos, também as castanhas se estourassem (rebentassem) na boca de quem as vai comer, também ficariam com a boca maltratada.

         Estas analogias criadas pelo “povo” tornam as explicações de certos comportamentos mais atraentes. Daí que eu tivesse escolhido o título da realidade que os Portugueses vão ver piorar.

      - Quando, há dezenas de anos, o Professor Cavaco Silva, na qualidade de Primeiro-Ministro, recomendou a diminuição de feriados e pontes para aumentar a produtividade do país, teve uma rejeição generalizada. E ele sabia do que estava a falar.

      - Quando o Dr. Durão Barroso, na qualidade de Primeiro-Ministro de Portugal disse que tinha herdado um «país com uma economia de tanga», muitos dos que se lhe opunham, começaram a ofendê-lo com impropérios, chamando-lhe mentiroso e incompetente…» …e meteram a cabeça na areia como a avestruz.

      - Quando o Governo de Santana Lopes quis controlar as anormalidades do “déficit”, - o Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, contestou determinadas propostas dizendo que «há mais vida para além do déficit». E os Governos Socialistas voltaram ao poder pela sua mão e da maioria que acreditou nas promessas de facilidades.

        - Quando a Dr.ª Manuela Ferreira Leite, em oposição ao candidato José Sócrates, disse bem alto e muitas vezes que a continuação do Governo Socialista conduziria Portugal à miséria, se não alterasse as medidas tomadas no primeiro mandato, alguns sabichões chamaram-lhe “bruxa maldizente” e incompetente para governar Portugal.

 

            Pouco tempo depois, Portugal passou a ser governado por estrangeiros, aos quais foi suplicar de chapéu na mão para virem salvar o Portugal que, «há seis séculos deu novos mundos ao Mundo»- como ontem foi citado por um italiano, Comissário Europeu, em Florença, em cerimónia pública na qual participou o Presidente da República de Portugal, Professor Doutor Cavaco Silva.  

       

              Agora, que a miséria bateu à porta de ex-turistas com passeios a pagar em dois anos; amantes de automóveis de luxo, a pagar em oito anos; senhoras presumidamente elegantes e ricas a terem de se prostituir nas ruas ou em hotéis – é um ambiente poluído e de tristeza a que começamos a assistir.

 

            Salvam-se os simples das aldeias que se habituaram a viver com o que tinham e a desconfiar das facilidades que todos os dias viam nos anúncios das televisões. Trabalharam e pouparam alguns cêntimos das magras reformas, que vão continuar a receber, com um ligeiro aumento.

 

          Aos que nos vão retirar subsídios de férias, etc. resta-nos desejar que tudo venha a melhorar para os mais carenciados e que as lágrimas do desespero sejam substituídas pelas da esperança num futuro melhor e mais consciente, tentando saber distinguir  quem fala verdade e  quem «mente com quantos dentes tem», como dizem nas nossas aldeias.

          Diz o povo:«ovelha que berra, bocada que perde.» Sabe o que isto quer dizer? Este ditado popular encerra uma grande lição para a situação actual.

 

                     Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 15:46
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De mg a 15 de Outubro de 2011 às 20:43
O melhor é mesmo não berrarmos, se não ainda perdemos as catanhinhas e a aguapé também...


De manny o moura a 17 de Outubro de 2011 às 23:43
Parabens por continuarem a divulgar barroso atravez deste blog, eu tambem sou barrosao e ja alguns anos que sigo vosso blog como vi varias vezes textos sobre andreia rio fadista barrosa eu queria pedir se poderiam divulgar o novo portal da andreia rio para promover andreia seguir a carreira n no fado www.andreiario.com , obrigados pela atencao um abraco barrosao de Montalegre,desde Londres


Comentar post

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO