belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Quinta-feira, 24 de Maio de 2012
JUNTOS TEMOS O MUNDO NA MÃO. VEM CANTAR A NOSSA CANÇÃO.

 

 

      

                                Canta, canta, amigo canta;

                      Vem cantar a nossa canção;

                      Tu sozinho não és nada,

                      Juntos temos o mundo na mão.

 

          

 

           O associativismo, enquanto forma de organização social, caracteriza-se pelo seu carácter, normalmente, de voluntariado, por reunião de dois ou mais indivíduos usado como instrumento da satisfação das necessidades individuais humanas (nas suas mais diversas manifestações, sejam elas culturais, académicas, humanitárias, tendo em vista objectivos de solidariedade social, nas mais variadas vertentes.

         Poderemos dizer que este espírito de colaboração e de organização acompanhou sempre a sociedade humana.

 

         Em Portugal, o Associativismo não lucrativo e as instituições de solidariedade social, poderemos afirmar que nasceram com a fundação da nacionalidade. Tenhamos em conta o apoio de base nas Comunidades Cristãs. Antes das Misericórdias fundadas em 1492 e a de Lisboa em 1498, pela rainha D. Leonor, vieram os albergues, as hospedarias, as obras de libertação dos cativos, as mercearias (para atenderem as senhoras de condição social decaída). As Misericórdias, passados mais de cinco séculos ultrapassaram as fronteiras portuguesas e a sua influência de bem-fazer acompanhou a Expansão Ultramarina iniciada no século XV, com a intervenção dos missionários.

       No dia 31 de Maio dedica-se a data ao Associativismo Nacional rendendo-se homenagem a todos os cidadãos / cidadãs que têm dedicado o melhor da sua vida ao voluntariado nas actividades mais variadas: assistência aos mais carenciados, visitando os doentes em casa ou nos hospitais, trabalhando como os Bombeiros no socorro aos sinistrados, apagando incêndios nos centros urbanos ou defendendo os ecossistemas. Os participantes nas actividades de cultura e recreio, nomeadamente nas bandas musicais, ranchos folclóricos, escuteiros, Universidades Seniores, etc..

           Queremos também realçar os benefícios do Associativismo económico, cujos êxitos têm sido realçados para serem ultrapassados os malefícios da degradação económica em que o país se encontra por causa do individualismo egoísta do salve-se quem puder. Se não se criar riqueza também se não poderá distribuir, por mais que se grite nas ruas ou greves que se façam.

          Temos de cantar a mesma canção da solidariedade, da justiça e do respeito mútuo para que o Povo volte a sorrir e a retomar o gosto pela vida. Os meses que se aproximam são meses festivos de norte a sul de Portugal. Participemos nas festas com a esperança de que unidos e associados em solidariedade o sol voltará a despertar-nos para dias felizes.

          Realçamos todos os Municípios que apoiam as Associações, como vai fazer a Câmara Municipal do Barreiro (CMB) que vai assinalar o Dia Nacional do Associativismo, homenageando as instituições centenárias do concelho com Bandas de Música, entre elas a Sociedade Filarmónica Lavradiense. (www.popularfm.com)

           (ONGs) – são organizações não governamentais. Os associados têm objectivos comuns, sem finalidade económica. (Ver artigo 53 do Código Civil Brasileiro).

 

     A terminar, recomendamos: Não se isole; participe nas actividades das associações e não esqueça:

                                     Canta, canta, amigo canta;

                                     Vem cantar a nossa canção;

                                     Tu sozinho não és nada,

                                     Juntos temos o mundo na mão.

 

                                     Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 12:21
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO