belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Quarta-feira, 30 de Maio de 2012
CENTRO TURÍSTICO DE LISBOA - PORTUGAL

 

  LISBOA ABRAÇADA À MARGEM SUL DO TEJO LIGADA PELOS BARCOS

    

 

«É linda, equilibrada, perfeita, a Praça do Comércio.

Nem grande nem pequena; exactamente como deve ser, com a elegantíssima estátua de D. José, a cavalo, tendo o arco da rua Augusta por fundo, e a emolodurá-la todos aqueles edifícios austeros e sólidos, apoiados elegantemente nas arcadas que formam um corredor por baixo deles.

   Aquela praça faz-me lembrar o terramoto de 1 de Dezembro de 1755, que destruiu quase toda a cidade e se fez sentir nos arredores, num muito vasto círculo, chegando mesmo a sentir-se e a fazer graves estragos, por exemplo, em Alcobaça. O terramoto alterou a fisionomia de Lisboa de então, em especial na zona baixa que vai do rio ao Rossio; além dos edifícios que ruíram com o tremendo abalo, muitas casas e igrejas arderam; porque era dia de Todos- os- Santos, em muitas das casas, se não praticamente todas, ardiam lamparinas e velas frente aos santos de devoção de cada um, e porque eram mais ou menos nove horas da manhã, muitas igrejas estavam profusamente iluminadas com círios (não havia ainda electricidade) e estavam em plena hora dos serviços religiosos.

   Na época, a madeira entrava em grande escala na construção; as casas, muito velhas e muito juntas, arderam umas após as outras; bombeiros não existiam, pelo menos organizados como agora. As casas não tinham água canalizada, era preciso procurá-la nos fontanários e acarretá-la em baldes e barris... Lisboa ardeu, como arderam e arderiam muitas cidades então: livremente, ao saabor do vento e da fantasia das chamas.»-(Margarida Ofélia, in «A Águia Ferida»

 

 As ruínas do Convento do Carmo, espreitando elegantes no seu Gótico

simples, testemunham esse acontecimento histórico de má memória mas que, a partir das cinzas, fez renascer a beleza que vemos, parcialmente, na imagem recolhida ao pôr do sol de um dia de Abril 2012, do cimo do elevador de Santa Justa, um miradouro de excelência da Cidade das Sete Colinas.

      

   Observando a fotografia, fazemos  uma ideia da beleza que se espelha no rio Tejo,

vindo de Espanha, e que depois de ter percorrido encantos de Portugal se associou à epopeia do encontro da Ibéria com o novo mundo. E desse «Novo Mundo» vieram as riquezas da Índia, as pedras preciosas, ouro e diamantes do Brasil.

  Diz-se que o palácio que existiu no actual Terreiro do Paço, era o mais rico e fabuloso palácio da época na Europa, por reunir maravilhas e preciosidades desde o tempo de D. Manuel a D. João V. Tudo ficou arrasado naquele trágico dia santo.

  Mas redobrou o talento, a fé e a esperança de que os Homens que rasgaram os mares para os transformar em autoestradas de ligação a todos os Continentes, haviam de restaurar e tornar mais bela a capital que marcou encontro com os Povos desconhecidos e que ficaria para sempre disponível para os receber e amar.

     

  O convite fica renovado, a ricos e pobres; mais cultos e menos cultos; na Casa Portuguesa cabem todas as gentes, com amor.

                                Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 22:26
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO