belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Terça-feira, 30 de Outubro de 2012
SOPA DE CASTANHAS PORTUGUESAS.

    

                                                                                    SHERATON (lisboa) 2010.

 

       SOPA DOS POBRES(de outros tempos) EM HOTEL DE LUXO PARA RICOS

 

     A evolução gastronómica tem vindo em crescendo através dos tempos, graças às Escolas de Hotelaria e à criatividade das cozinheiras (os), como temos vindo a assistir nos últimos sábados, num programa da RTP1, depois do jantar. Concorrentes ambiciosos de chegarem aos lugares cimeiros perante um Júri exigente que, entre sorrisos, vai louvando o melhor e causticando os de paladar e apresentação menos rigorosa. Pessoalmente, gosto de acompanhar o desenrolar do programa desde o início até ao fim.

    Afinal, não é preciso gastar muito dinheiro a comprar produtos exóticos. Basta comprar as castanhas, as batatas, as cenouras, o feijão verde, o arroz, a salsa, os coentros, o azeite, o vinagre, a carne,o peixe, o pão e outros produtos - todos nacionais - para comermos "à rica"; ou mesmo melhor que os ricos. Basta encontrarmos algumas cozinheiras das nossas aldeias para ganharem os mais variados prémios dos saberes e sabores gastronómicos. E neste ponto, parece-me que não há muitas divergências.  E os restaurantes "regionais" de qualidade, com preços dentro da normalidade, são os preferidos pelos consumidores mais exigentes.

 

     "Os potes" transmontanos, na sua aparente humildade de serem sujos com a cinza das lareiras, orgulham-se de fabricar produtos tão ou mais saborosos que as luxuosas panelas citadinas.

 

           Receita tradicional do "Caldo (sopa) de Castanhas em Trás-os-Montes:

        Para cinco pessoas: 3 litros de água; 1 cebola; 1 quilo de batatas; meio quilo de feijão vermelho; 1 quilo de castanhas descascadas;200 gramas de presunto ou bacon cortado em pedaços pequeninos; sal quanto baste. Depois de estar tudo bem cozido, desfazer muito bem. Acrescentar couve e deixar cozer durante 10 minutos em lume brando. Deve ser servido bem quente.

   -Bom apetite e bom proveito para quem a comer, em qualquer parte do Mundo...

     Esperemos que os intervenientes no "magusto" a realizar no dia 4, no Mercado de Benfica, correspondam à habitual qualidade transmontana.

               Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 18:40
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO