belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012
NEM TODOS NASCEM NUM BERÇO DE OURO.

 

     

                                 A CELEBRAÇÂO DO NATAL de JESUS 

                   E A REALIDADES DE ALGUNS OUTROS NASCIMENTOS.

 

      A felicidade mora aqui.

      Em casa, estamos a receber belas imagens acompanhadas por deliciosas músicas que nos transportam a um mundo maravilhoso.

   Mas o mundo real tem outras vertentes que devemos interiorizar, para sermos mais solidários com outras famílias dispersas pelo planeta Terra. Nem tudo é um mar de rosas.

 

   -Vejamos esta realidade de um tempo não muito distante, em Portugal:

 

   A Casa da Roda, em Caria, fica situada num local discreto, junto à Rua do Reduto, foi recuperada e musealizada em 2009 e ali se pode reviver o passado e reflectir sobre o presente. Foi edificada em 1784, data que está gravada na pedra por cima da roda, para dar cumprimento a uma Lei de Pina Manique (reinado de D. Maria I), de 30 de Maio de 1783, que exigia a criação de Casas da Roda em todas as vilas e sedes de concelho. O estado terá tomado esta medida porque o aumento da população era bem visto, para combater o infanticídio, uma prática que era então frequente, e também para reduzir a falta de assistência aos abandonados.

 

Eram casas destinadas a acolher órfãos, crianças recém-nascidas “não desejadas” ou bastardas, cujos pais não pudessem assumir os seus cuidados. As rodas eram uma instituição municipal já que todo o país estava “controlado” por municípios e eram os municípios que sustentavam as Casas da Roda. As Rodas tinham aberturas para o exterior para que o exposto pudesse respirar. Por vezes a Roda tinha duas “prateleiras”, na parte inferior era depositada a criança e na parte superior o enxoval da criança, quando este existia ou outros objectos, nomeadamente cartas, lenços, medalhas para permitir a sua posterior identificação e recuperação, embora se saiba que isso raramente acontecia. A assistência consistia na recolha e criação do exposto, até aos seus 7 anos, e numa segunda fase na sua integração social pelo trabalho dos 8 anos até à maturidade.

 

O anonimato era muito importante e cultivado até à exaustão e por isso existia uma sineta que alertava a Rodeira, que estaria presente dia e noite, e que girava a Roda recolhendo a criança. Era depois efectuada, pelo escrivão da câmara, uma matrícula muito pormenorizada, que era inscrita no chamado Livro dos Expostos, guardava-se e registava-se tudo o que as crianças traziam quando eram deixadas na Roda.

 

Na Casa da Roda ou nas suas casas próprias viviam as amas de leite, que amamentavam as crianças. Mais tarde as crianças ficavam à guarda das chamadas amas-secas para quem trabalhavam ou eram entregues como criados a quem pagasse mais. A partir dos finais dos anos 50, do século XIX, a contestação às Rodas levou à sua extinção.

 

Escrito por Graça Ribeiro, do blog Passado de Pedra

 

     A esta descrição tão bem feita pela Graça,

    todos nós devemos aproveitar os momentos de silêncio, talvez a seguir à recordação da missa do galo da nossa infância, ou durante a transmissão de cerimónia idênticas pela televisão, para tomarmos consciência dos nossos deveres de cidadania e solidariedade para com os que começaram a sofrer dentro do ventre da mãe e a quem  o amor e a felicidade nunca lhes bateu à porta.

      Saibamos recordar todos os que nos deram a vida e agradecer a todos os que nos têm dado amor.

                      Desejamos Boas Festas aos que povoam a Terra. 

                                  Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 16:46
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De A.A. a 21 de Dezembro de 2012 às 22:24
Sublime para além de fazer história. É que hoje há muita gente que não sabe o que era a Casa da Roda.
Vi algumas, e até junto ao forno de coser o pão para os expostos estarem em ambiente aquecido. Como os antigos eram humanos!
Também encontrei muitos nomes de pessoas com o apelido de Exposto, e foi por aí que eu tive conhecimento do que era a Casa da Roda. Coisas da vida...
Votos de Bom Natal e Ano Novo. A.A.


De ALINE a 27 de Dezembro de 2012 às 00:10
MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/

VENDE DE TUDO

BERÇO

http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=berco&IDCategoria=110

BEBÊ/INFANTIL

http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=110

VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS


Comentar post

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO