belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2012
O PAI NATAL PASSOU POR CÁ E JUSTIFICOU A DIMINUIÇÃO DOS PRESENTES.

    

                                                                                       Foto 2012-RALisboa

 

    

    «No ano passado não fui muito sincero convosco. Deixei-vos muitas ilusões e Vós acreditastes nas minhas barbas brancas e na minha enorme barrigaça de velhote.

                               GOU GOU GOU.

    Ao longo deste ano 2012 já começastes a duvidar de mim e dos meus parceiros Agentes tradicionais da festa do Natal, com Jesus, anjos e santos à mistura.

                              GOU GOU GOU.

   Sinto e compreendo a alegria dos meninos inocentes que me vêem entrar-lhes pela casa dentro com este aspecto esquisito levando um grande saco às costas, uma barrigaça engravidada com uma farta almofada e com umas grandes sapatorras que lhes faziam lembrar as dos palhaços “Patinhas e Ventoinhas”.

                              GOU GOU GOU

 Fiquei triste como os meus admiradores, a quem vendi muitas ilusões na última visita, quando eles começaram a deslaçar os embrulhos e verificavam que valia mais o papel e os laços do que os presentes que me tinham pedido nas suas cartas; poucos e fracos.

                               GOU GOU GOU

Senti remorsos de os ter iludido ao longo do ano, de conluio com pais, avós, padrinhos, madrinhas, primos e primas.

                               GOU GOU GOU 

Senti-me envergonhado…

          Enquanto esta crise se mantiver vou ficar a brincar com a neve pela Escandinávia e os pais que lhes vão dizendo que no próximo ano o “Pai Natal” anunciou que iria passar férias muito longe e que não sabia se poderia regressar por causa da greve dos transportes, em Portugal, como aconteceu este ano, nas casas de alguns meninos.

            As ilusões, por vezes, nem sempre são perniciosas.»

 

                          GOU GOU GOU».

            

     

 Desejo, sinceramente, que as crianças, e todos nós, voltemos a sorrir com um ar sincero e aberto sem fantasias infundadas. E que os muitos milhares de voluntários portugueses que semearam a esperança de norte a sul do país, sintam os benefícios da sementeira de amor que fizeram junto de cidadãos nossos irmãos, nesta fase difícil das suas vidas.

 

                       Artur Monteiro do Couto

               



publicado por belezaserrana às 00:55
link do post | comentar | favorito
|

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO