belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Segunda-feira, 22 de Julho de 2013
SAÚDE NATURAL SEM BRUXEDOS
Lembram-se dos célebres “Congressos de Medicina Popular” realizados na aldeia barrosã de Vilar de Perdizes, paredes-meias com a Galiza, bem próxima de Montalegre e de Chaves? Esses congressos também foram baptizados de “congressos dos bruxos” porque os ditos bruxos de há cerca de 50 (cinquenta anos) eram os médicos dos pobres que tentavam resolver todas as enxaquecas com chás de cidreira, de folhas de oliveira, de carqueja e muitas outras plantas consagradas como medicinais pelas suas virtudes terapêuticas. Às virtudes naturais tentaram outras pessoas de fé associar-lhes as virtudes divinas do Padre António Lourenço Fontes, ordenado sacerdote precisamente há 50 anos.
A fama deste Padre saltou por cima das elevadas serras transmontanas e começou a atrair possuidores de todo o tipo de doenças, fossem elas de ordem física ou psíquica. Personagens influentes nos meios televisivos como Herman José, Fialho Gouveia. Carlos Cruz, Júlia Pinheiro e muitos outros, transformaram o Padre Fontes numa personalidade influente tanto nos meios científicos e culturais mais evoluídos, como nas regiões abandonadas do interior de Portugal. Acompanhámo-lo de perto na primeira entrevista televisiva em Lisboa, como participámos com ele em conferências na Sociedade de Geografia ou em Universidades da capital.
A todos seduzia pela sua eloquência de cultura popular, científica e por encarnar a sabedoria popular transmitida ao longo de gerações. Rapidamente se tornou uma figura nacional respeitada pela sua humildade de atitudes que encobriam um grande amor ao próximo, sendo esse próximo constituído por ricos ou pobres. Também lhe conhecemos críticos malévolos e invejosos. Isso ajudou-o a crescer no coração de todos os de boa vontade.
Passados 50 anos, vemo-lo agora imortalizado com o ECO-MUSEU DE BARROSO, em Montalegre, e homenageado pelos seus conterrâneos e admiradores, no próximo dia 27 de Julho.
Desejamos-lhe a mesma saúde que ele sempre desejou para todo o mundo, sem distinção de crenças, de saberes e de haveres.
E as famosas plantas saudáveis também estiveram representadas na Horta do Continente no Terreiro do Paço em Lisboa, no mês passado.
Artur Monteiro do Couto


publicado por belezaserrana às 20:34
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De A.A. a 23 de Julho de 2013 às 21:48
Associo-me a todos quantos admiram o Padre Fontes. Mas admirá-lo não basta. Há que reconhecer no Padre Fontes valores para lá dos que se possam conotar com as voadoras na vassoura. Atrevo-me a perguntar e a procurar quem tenha dado a conhecer mais do que o Padre Fontes, toda a região. Homens e mulheres da comunicação social de todo o mundo, pessoas que não acreditam em bruxas, mas que não deixam de pensar que as há, conhecem e falam do Padre Fontes; foram a Barroso visitá-lo e, simultaneamente, visitaram o Norte de Portugal, visitaram Trás-os-Montes.
Grande Padre Fontes! Espero que os conterrâneos, todos, o vejam para lá do mundo mágico onde estamos habituados a vê-lo. Não só o conheço como sou seu amigo, há muitos anos e, sem qualquer receio, atrevo-me a dizer que toda a admiração, e todos os encómios e agraciamentos ficarão aquém do que a região lhe merece.
Ao Padre Fontes, um apertado abraço e ao autor deste blog, um "muito obrigado" por lembrar e falar do comum amigo
A.A.


De aquimetem a 30 de Julho de 2013 às 17:03
Bruxas! Nem o nosso comum amigo acredita nelas...mas que existem parece não haver dúvidas. Bem merece o reconhecimento que lhe faz. Parabéns. Já agora aproveito para dizer que estou à espera de uma mensagem sua que hoje lhe pedi. Saude.


Comentar post

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO