belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes
Domingo, 16 de Janeiro de 2011
OPERADORES RURAIS DE PORCOS, CÃES, E OUTROS ANIMAIS

 

         SABEDORIA POPULAR TRANSMITIDA DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO

 

 

                INTELIGÊNCIA E OUSADIA NOS MEIOS RURAIS

 

 

          O Filósofo disse: « a necessidade cria o órgão…»

          Nas aldeias portuguesas, os pastores pobres tratam as doenças e os ossos partidos de cães, carneiros, ovelhas, cabras e outros animais como se fossem médicos saídos das Universidades; também por necessidades financeiras e falta de Veterinários. É evidente que as pernas podem não ficar tão direitas e demorarem mais tempo a curar, mas a vida continua com misérias e grandezas, isto é, êxitos e fracassos, como acontece com todos nós.

          E também há a categoria dos « endireitas » a quem recorreram os humanos ao longo de centenas de anos para lhes endireitarem os ossos dos braços, das  pernas e dos pés. A estes, o Povo, deu-lhes o título de «endireitas e bruxos», muitos deles ainda se costumam reunir em congresso, no mês de Setembro, na Universidade Popular de Vilar de Perdizes, fundada pelo Reitor, Padre Dr. António Lourenço Fontes.

          - Observemos o trabalho que o Avelino Frutuoso Alves está a fazer na barriga do porco, que vai ser saboreado por cidadãos anónimos ou peritos em gastronomia.

           - Quantos cirurgiões profissionais não cortam a barriga dos humanos com menos precisão do que este agricultor do norte de Portugal.

              Como se vê, os porcos barrosões até depois de mortos são tratados com zelo e eficiência.

                                    

                                  O porco e o sabão dos pobres

 

 O porco, na era pré-industrial, teve um papel importante porque, com a gordura que lhe protegia sobretudo os intestinos, (como a gordura  que faz as indesejáveis curvas na barriga das mulheres da casa dos 40 anos e que para a retirar e ficarem mais elegantes se submetem à lipoaspiração em consultórios médicos de estética) – essa gordura da barriga dos porcos era utilizada na culinária dos pobres para substituir o azeite nos caldos (sopas), para dar brilho e conservar as peles dos socos, das botas, as molhelhas dos bois, dos cintos e de todo o outro género de peles caseiras – porque ainda não havia os actuais unguentos saídos dos laboratórios químicos modernos.

      Até o precursor do sabão moderno, para lavar a roupa, era feito a partir do unto (gordura da banha de porco) da seguinte forma: « as gorduras eram derretidas numa panela, misturadas com água, um pouco de género de omo e soda cáustica. Mexia-se essa mistura com um pau até estar preparada a solidificação. Nessa altura, deitava-se tudo num tabuleiro de madeira e depois de bem formatado e seco, cortava-se aos bocados, como se faz hoje ao sabão azul e branco. E as nódoas da roupa normais desapareciam e as camisas de linho e as toalhas ficavam branquinhas, sem a tradicional barrela feita com as cinzas das lareiras.

                          

                                          Artur Monteiro do Couto 



publicado por belezaserrana às 15:19
link do post | comentar | favorito

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

SUBA AS MONTANHAS E VOLTE...

CHAVES RECEBEU EM FESTA A...

OUTONO CHEGOU FARTO, CHUV...

TERMAS DE CHAVES A GALIN...

MENSAGEM DOS QUE PEDEM PA...

O MEL TUTI_FLORES DÁ SAÚD...

HISTÓRIA DA ALDEIA ONDE ...

AS FLORES NÃO ENCOBRIRAM ...

HISTÓRIA DE CHAVES CONTAD...

ENTRE OS PORTUGUESES TRAI...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO