belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes

Domingo, 16 de Maio de 2010
A BASE DA CRISE NA EUROPA É A CRISE DE VALORES

                          CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO E O ALTAR

 

   Contra a crise que se instalou na EUROPA, rezar, trabalhar, lutar; como se diz no Hino Nacional Português. Parece ser esta a receita que neste momento agrada a todos. Uns dirão que só Deus nos pode salvar das dificuldades que, dia a dia vão aumentar; Outros, mais radicais, dizem que é preciso lutar nas ruas contra os grandes interesses instalados e contra os Governos que estão a obrigar os trabalhadores pobres a pagar a falta de competência e os erros deles. Nota-se a falta de esperança, cada vez mais evidente, em dias melhores, e começam a ouvir-se referências ao que foi acontecendo durante a primeira República.

                                              Então, o que fazer?

        No dia 13, em Fátima, no encontro da Pastoral Social, o Papa pôs o dedo na ferida e deu sugestões.

 O problema económico que preocupa todas as Nações tem como base a crise de valores humanos e cristãos que em tempos idos introduziram a cultura da liberdade, fraternidade e igualdade, como recomendou Jesus Cristo e a Doutrina Social da Igreja. Hoje, predomina a ânsia da riqueza, dos prazeres do animal sobre o racional, da vaidade de ser melhor e maior do que o outro; e apesar de grandes discursos das classes dirigentes, aumentam os sem-abrigo e os famintos pelas ruas das grandes cidades.

 

      A Igreja tem aqui um papel social importante. É preciso dinamizar a esperança e colaborar com as Instituições Particulares de Solidariedade Social ( 2.700 de Bragança ao Algarve), com a CARITAS Nacional e Internacional, com o Banco da Fome, com outras organizações humanitárias e defender os princípios de justiça social, sem distinção de classes ou religiões, buscando perfeita harmonia entre patrões e trabalhadores. Só assim, contribuiremos para uma nova esperança onde se possa construir um Mundo mais equilibrado e feliz.

  « Sede Vós Mensageiros da Esperança e do Amor junto daqueles que são vítimas dos que renegando as origens da solidariedade cristã, preferiram construir as sociedades modernas que dão primazia ao egoísmo e vícios de toda a ordem que descaracterizam a essência do ser humano civilizado.»

                                      Artur Monteiro do Couto

   

 



publicado por belezaserrana às 13:28
link do post | comentar | favorito

subscrever feeds
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

A BASE DA CRISE NA EUROP...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
subscrever feeds
blogs SAPO