belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes

Quinta-feira, 29 de Julho de 2010
FILHOS E NETOS DE EMIGRANTES RECUSAM PASSAR FÉRIAS NAS ALDEIAS TRANSMONTANAS.

         SERRA DO LEIRANCO NA FREGUESIA DE SAPIÃOS E AS ANTENAS

 

    FILHOS E NETOS DE EMIGRANTES RECUSAM PASSAR

                FÉRIAS NAS ALDEIAS TRANSMONTANAS.

 

        Habituados a utilizar as SUPERAUTO-ESTRADAS da INFORMAÇÃO para jogar, falar, ver filmes, etc. e a terem o mundo dentro da sua casa em qualquer aldeia ou cidade francesa, alemã, suíça, inglesa ou da América do Norte e virem passar férias a qualquer aldeia transmontana onde nem sequer podem utilizar um simples telemóvel para trocarem mensagens com os namoradas/os, verificam e pensam que ainda estão a viver na Era da Pedra e recusam viver assim, em pleno século XXI.

Isto faz lembrar as mulheres que em tempos se recusavam a ir para a terra dos maridos onde não havia casas de banho e tinham de ir satisfazer as necessidades fisiológicas às  “cortes dos porcos”…

         Há muitos anos que temos vindo a reclamar e a exigir, como cidadãos portugueses, que esta situação de miséria social e abandono pelas empresas ricas como a

  PT/TMN, que agora ganhou tantos milhões com a venda da “VIVO” que nem sabem o que hão-de fazer a tanto dinheiro, depois do novo investimento na brasileira “OI”. Até à data, pouco ou nada adiantámos para a aldeia de Sapiãos, concelho de Boticas, distrito de Vila Real, apesar de termos antenas na nossa Serra do Leiranco. A Câmara Municipal de Boticas anunciou em 15 de Julho no jornal   “A VOZ DE TRÁS-OS-MONTES” que um «Posto móvel de Internet percorre as freguesias instalado numa viatura … com computadores portáteis e preparada para vídeo-conferência e comunicações  wireless…» .E quando a carrinha se vier embora, passada uma ou duas horas… vamos acender fogueiras ao alto das serras, como se fazia há milénios, para as populações comunicarem umas com as outras? Vimos o sinal de boa vontade do Presidente da Câmara  em «candidatar o Município ao Programa Novas Tecnologias no Mundo Rural, apresentado pela edilidade ao Eixo Prioritário V do ON. 2.»

       Mais vale tarde do que nunca, mas ponho em causa a propaganda feita aos célebres Magalhães. E este desabafo é feito a partir de uma aldeia situada a 3 quilómetros da sede do concelho por quem vive entre os privilegiados de Lisboa. Mas a solidariedade com os abandonados obriga a que isto seja dito e redito desde há 10 anos. (Ver documentos neste blog,publicados no dia 12 de Julho.)

                           Artur Monteiro do Couto



publicado por belezaserrana às 20:47
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

subscrever feeds
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

FILHOS E NETOS DE EMIGRAN...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
subscrever feeds
blogs SAPO