belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes

Quarta-feira, 4 de Novembro de 2009
MAGUSTO DE SÃO MARTINHO EM LISBOA

                                 AS CASTANHAS A SAÍREM DO VENTRE MATERNO

 

    

                    MAGUSTO NO DIA DE SÃO MARTINHO
                    11 de NOVEMBRO
 
     Diz o POVO:
       “No dia de S. Martinho, vai à adega, incerta o pipo e prova o vinho.”
    - E como o vinho é “generoso”, convidou as castanhas para se associarem à festa em honra do Santo, patrono dos pobres.
           Em determinadas regiões de Trás-os-Montes, as castanhas são rainhas da gastronomia festiva no mês de Novembro e viajam, mesmo, de Vinhais e de Carrazedo de Montenegro, concelho de Valpaços, para o Brasil, para a Europa e outras zonas do globo. Umas assadas, outras cozidas, lá vão sendo comidas; avinhadas e bem saboreadas, alimentam e inebriam os pares para dançar ao som das músicas populares cantadas e tocadas.
        A Lenda de São Martinho, é uma lição de amor e fraternidade para as sociedades modernas que estão a educar as novas gerações para o egoísmo e para as melhores técnicas de marketing, visando ludibriar incautos e chuparem-lhes o sangue como as famosas sanguessugas da medicina pré-científica. O exemplo de S. Martinho , ao repartir a capa com o mendigo em dia gelado e ventoso,merece ser celebrado, cada ano que passa, com mais entusiasmo para que o pensamento filosófico do ser humano se preocupe mais com a justiça criativa e distributiva, ensinando uns a” pescar “, a resguardarem-se das tempestades, do granizo e do frio das nevadas, pelas suas capacidades de trabalho e poupança – e socorrer os mendigos, os pobres de espírito e de haveres. Com este comportamento social, todos os seres humanos poderão, um dia, celebrar a festa de S. Martinho, comer as castanhas, provar o vinho e sentir o calor do Verão de São Martinho com um sorriso nos lábios e uma nova esperança. Os bons exemplos são para imitar. Neste período de S. Martinho 2009, estamos a assistir a um desfile de péssimos exemplos sociais, que rondam a rapinagem das mais escandalosas que se tem vivido em Portugal. Esses que trocam a honra por Mercedes de luxo e quantias chorudas, seriam bem mais felizes se pautassem a sua vida pelos exemplos de cidadãos vindos lá dos Montes e se contentassem em comer o pão, as castanhas, as alheiras e beberem uns copos de um bom vinho tinto, com a consciência tranquila e rejeitarem ser ladrões encobertos com o prestígio dos amigos e familiares.
       Pessoalmente, vou participar na festa organizada pela Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa, no Externato Marista de Benfica, Rua de S. Neutel, nº11, dia 8 de Novembro. É uma festa a valer, com cerca de 3000 transmontanos e seus descendentes ou convidados. Há castanhas assadas e transformadas em doces; alheiras, pão centeio, vinho do bom e à farta, bandas de música, o conjunto MARANUS e outras surpresas. Aqui, não há distinção de classes. Há apenas amigos e conterrâneos a continuar as festas a que se habituaram a celebrar humildemente a 500 quilómetros de distância, nos tempos de meninos.
 E se alguns pisaram o risco da dignidade, aproveitem e venham regenerar-se, lembrando-se do que os Pais lhes ensinaram.                                             
 
                            Artur Monteiro do Couto
 
                
 


publicado por belezaserrana às 21:23
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sapiãos (Boticas)
subscrever feeds
pesquisar
 
Vida Rural em Sapiãos
Do namoro ao casamento

Aspectos da vida rural
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

MAGUSTO DE SÃO MARTINHO ...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
Sapiãos no mapa

Ver mapa maior
subscrever feeds
blogs SAPO