belezas paisagisticas e artisticas de Trás-os-Montes

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008
QUEM PODE SALVAR PORTUGAL DA CRISE ACTUAL? (1)

                      O EMPRESÁRIO PORTUGUÊS COM MAIS PROVAS DADAS

                                                    (BELMIRO DE AZEVEDO)

                        Leia os 3 apontamentos que se seguem: dias 17, 18, 19.

 

Na minha frente, tenho um livro de 400 páginas,do Círculo de Leitores-Âncora Editora, que narra o percurso de um menino nascido a 17 de Fevereiro de 1938, a quem deram o nome de Belmiro Mendes de Azevedo. Os pais eram pessoas do povo simples, trabalhadoras, mas de exemplar formação humana.

         A biografia deste cidadão português, que nasceu «na nudez de um quarto humilde e pequeno, de frias,mas sólidas paredes de granito» e se tornou no Homem mais rico de Portugal, devia fazer parte dos livros recomendados nas escolas para que os jovens vissem nele um exemplo de estudo, dedicação e como se deve lutar pelo que se deseja, com objectivos bem definidos, tendo por base o trabalho honesto e a «meritrocracia»

          O seu primeiro emprego resultou de um pedido à Faculdade de Engenharia do Porto feito pela Empresa Fabril do Norte que procurava um bom aluno.«Precisava de um bom futuro engenheiro químico para a sua secção de acabamentos»

«O engenheiro Belmiro não entrou como director. Nessa altura, era preciso muito tempo para chegar a director. Os administradores faziam, também, a direcção efectiva dos pelouros. Acumulavam a função de administrador com a de Director.»

Alguns meses depois de empregado resolveu casar-se.

          «Ganhava 5600$00 por mês.Era um ordenado razoável.Tive um princípio de vida normalíssimo, numa pequena casa. Tive que assinar letras para comprar a mobília e os electrodomésticos.»    Belmiro de Azevedo - entrevista.

             A primeira casa onde habita, depois de casado, é um andar arrendado. Os primeiros tempos não são fáceis.  «A sua mulher, Margarida de Azevedo recorda-os, não sem uma ponta de emoção a colorir-lhe a voz.»

       A primeira grande lição para evitar as crises, dada pelo testemunho da mulher do Homem mais rico de Portugal:

        «Não foi fácil, Tínhamos que pagar a mobília. Comprámos a mobília de quarto e da sala de jantar a prestações. Tínhamos comprado alguma outra ao arquitecto, o dono do prédio, cuja filha, ali moradora antes de nós, foi coabitar com ele. Isso permitiu que adquiríssemos parte da mobília existente no andar. Eu almoçava nos meus pais. E o Belmiro ainda ajudava os pais dele. Fazíamos, então, a divisão do dinheiro todos os fins de mês. Isto é para a renda, isto é para a mobília. O Belmiro planeava a gestão do ordenado já nessa altura..Dava-me contas. Dizia-me para que era o dinheiro porque sabia que vinha habituada a um certo nível de vida o qual, naturalmente, teve uma pequena quebra. A minha mãe continuou a ajudar-nos. ... ... Os hábitos eram de poucos gastos. Quando passava num café e me apetecia um, eu pensava duas vezes se teria dinheiro para ele.»

          Isto, para começar, já é suficiente para dar uma grande lição aos vaidosos e arrogantes que ajudaram a construir a actual crise.

          Continuaremos a falar deste jovem de vinte e tal anos que lançou as bases para ser o Empresário mais rico de Portugal.

            Por hoje, só queremos acrescentar que para atingir os seus objectivos de competência, solicitou ao Patrão, Senhor Afonso Pinto de Magalhães que o deixasse ir frequentar a Universidade de Harvard, para se tornar Master in Business Administration.

            Continuaremos a citar  a Obra do Dr. Magalhães Pinto, colega de Belmiro "Mete Medo", assim cognonimado pela Mandala( Televisão), para sabermos como se operou o salto qualitativo para o sucesso empresarial.

                                                    Artur Monteiro do Couto

. 



publicado por belezaserrana às 22:16
link do post | comentar | favorito

subscrever feeds
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

QUEM PODE SALVAR P...

arquivos

Junho 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

mais sobre mim
subscrever feeds
blogs SAPO